quarta-feira, 15 de março de 2017

Roteiro Paranaense: Parte 2



E bora lá, para a segunda parte da minha viagem. Como foram oito dias de viagem, vou fazer vários post sobre, para não ficarem tão longos, porque tem muita foto!!

Já em Foz do Iguaçu o dia seria bem corrido, e puxado. Mas estavamos ali para isso, e queriamos aproveitar ao máximo.

3º Dia - Paraguai - Cataratas do Iguaçu (Lado Brasileiro) - Foz do Iguaçu

Logo cedinho, (saiamos sempre as 7:30 hs. Era cedo se formos pensar por Ferias? Era! Mas se não fossemos cedo, não aproveitaríamos tudo, tudo!), todos no ônibus, devidamente com o RG em mãos, porque iriamos ao Paraguai. E como sairíamos do Brasil, o RG é totalmente indispensável nessas ocasiões.




Pois bem, não deu acho que meia hora até a Receita Federal Brasileira, e passamos, chegando ao Paraguai. Gente! Que lugar muvucado. Não estou sendo a fresca, nem nada. Mas para mim, não atendeu as expectativas. Talvez eu tenha ido com muita sede ao pote. Não achei as coisas tão baratas assim como dizem, achei perigosíssimo sabe. O pessoal vem em cima de você, literalmente, oferecendo muamba e tal. Sei lá, foi válido para conhecer, mas não sei se voltaria lá não.




Levei bastante dinheiro até, mas voltei com ele praticamente. Coisas que comprei e compensaram: Creme Victoria Secrets que saiu por U$ 4,25, meu creme de hidratação Aussie, que saiu por U$ 7,15 e minha mala de rodinhas que saiu por U$ 30,00. Porque a mala? Um levei mala de mão, e tava super punk para carregar, pois ajudava a minha tia com a dela, já que ela tem problema na coluna. E quando vi essa mala, não pensei duas vezes e levei. Ela é bem grandona, espaçosa.. É aquelas de tamanho intermediário e atendeu super minhas necessidades. Então isso eu indico para quem for para lá. A mesma mala aqui no Brasil eu vi por $ 300, e se for calcular o cambio do dia, paguei $100.





Como eu disse, valeu a experiencia para conhecer.

Saindo de lá, paramos para almoçar em Foz do Iguaçu mesmo. Uma coisa que indico: quando se vai com guias e tal, eles meio que 'indicam' lugares certos para comer, pois certamente ganham alguma comissão por isso. Estão errados? Claro que não! Mas você não é obrigado a comer nos lugares que eles falam. E foi isso que aconteceu. 

Eles indicaram uma churrascaria que era $45 por pessoa, com rodizio e tal. Mas só teríamos 1 hora para comer e eu e minha tia não comemos muito, então fomos andando ali pelas ruas próximas e tal, e achamos um restaurante caseiro, comida a vontade, por $20. E estava uma delicia. Então, sinta-se a vontade para recusar os lugares propostos.

Após sairmos de lá, fomos em direção as cataratas brasileiras. Meu coração batia acelerado, ansioso. Lá sempre foi um lugar que achei lindo lindo. E conheceria ali, de pertinho. O ingresso para entrada foi $37,65 já que moro em São Paulo. Os valores mudam de acordo com o lugar que você mora. O porque? Não entendi também kkk.





Gente, que sensação linda!!! Que lugar estonteante. Palavras não descrevem o lugar, não mesmo. É lindo, lindo, lindo. Eu chorei, (o que não é novidade), mas de felicidade, de ver essa maravilha de Deus, que é nossa, brasileirissima, e que está ali, para quem quiser ver!!

Existe o passeio do Macuco, que é uma trilha de 3 km, e depois você vai de bote e chega bem pertinho de uma das quedas. Eu não fiz, (por medo e também pelo valor, é cerca de $300 a mais), mas o pessoal que fez voltou super empolgado, contando e feliz.






Você literalmente toma um banho na ponte que fica bem no meio. Vendem capas de chuva e tal, mas acho que perde um pouco a graça de estar ali. Você se renova, muda sabe. Bem gostoso! Nesse momento agradeci por não ter levado a câmera, pois talvez não entraria com ela ali (certamente que não), então comprei uma capinha pro meu celular, e as fotos até que ficaram boas sim. Amei amei amei!!






Nas Cataratas eu voltaria tranquilamente, umas 10 vezes. É um lugar magico, encantador, e eu ainda estou apaixonada por lá!

Não queria sair dali. É magico. Certamente é um dos lugares que quero voltar. 

(Com a estatua de Santos Dumont )

(E com 26 anos, subi numa pedra pela primeira vez!) 

A noite, fomos a um restaurante tipico de lá: Rafain (site deles aqui). Que lugar incrível. O cardápio contava com as mais diversas culinárias: japonesa, italiana, árabe, brasileira, além de Churrasco, e uma FARTA mesa de sobremesas (sorvetes, tortas, mousses, bolos), e tudo incluso. 

E durante o jantar acontece um show. Nesse show, nos é mostrado danças tradicionais de oito países (Argentina, Uruguai, Paraguai, México, Bolívia, Peru, Chile e Brasil). Que show minha gente. As fotos infelizmente não ficaram tão boas, então indico que entrem no site deles e assistam o vídeo para terem uma noção do que é!




Você fica encantando, é lindo lindo lindo! Um casal que estava com a gente brincou: caramba, eu mal ando e esse povo ai dança de tudo, tango, salsa, samba. E é assim mesmo. Logico que quando começa a parte brasileira, o coração até salta da boca, e te faz esquecer das coisinhas chatas e desagradáveis que temos aqui em nosso pais. Dá orgulho de ser brasileiro.





Nesse dia eu dormi igual um bebe de tão cansada. Mas valeu cada segundo. Valeu mesmo. E cada centavo gasto ali, foi muito bem gasto, obrigada!!

Esperem os próximos post's!


terça-feira, 14 de março de 2017

Buscamos uma perfeição que não existe!


Todos os dias somos metralhados por fotos de modelos magras, esbeltas. Homens sarados, musculosos... E quando nos olhamos bate aquela 'bad' e pensamos: estou fora do padrão!

Hoje pode ser que você já tenha superado isso, e esteja mega feliz com seu manequim 42, 44, 46. E aplaudo quem é assim de pé. Para mulheres isso é mais difícil, parece que somos mais cobradas, que precisamos sempre estar nos trinques.

Tem a cobrança logo de pequena. Lembro que quando tinha uns 11 anos, uma menina na igreja que eu participava, que era toda magrinha, atlética, me disse: Carol, sua barriga está ficando com dobras, e não pode, pois daqui um anos, isso vai ficar para sempre.

E isso me marcou muito. Nunca fui super magrinha. Era a baixinha, gordinha. Mesmo fazendo natação, dançando muito em casa, nunca fui aquela menina 'perfeitinha'. E isso me deixou encanada desde sempre.

Como podia ser não é? Uma pessoa de 11 anos já ter que se preocupar com suas 'marcas' na barriga, sendo que devia estar brincado, feliz e contente! Hoje, posso até ter essas marcas sim, mas vejo que fui boba em me preocupar tão cedo em sempre estar de regime, fazer dieta, e tantas doideiras.

Nós mulheres precisamos ter consciência de que não tem um molde perfeito de corpo, de cabelo, de rosto. Que aquele pneuzinho que insiste em saltar da sua calça jeans, é lindo para alguém. Que o seu nariz mais avantajado pode ser o seu charme, e que ter seios pequenos muitas vezes é mais sensual do que um par de 600 ml de silicone!

É difícil colocar um biquíni as vezes, ou uma roupa mais justa. É difícil ter a alta estima lá em cima as vezes não é? Mas cabe a nós mesmas, colocar aquela roupa que queremos, com truques que nos deixam ainda mais lindas, passar um batom vermelho (ou nude se preferir) e sair linda e feliz 'fazendo a Gisele!'

Ninguém é capaz de tirar sua felicidade. Se algo está incomodando em seu corpo, e precisa ser mudado, isso tem que partir de você! E não da tia, amiga, mãe, marido, namorado que faz comentários sem noção e te deixa mais para baixo.

Homens, vocês também sofrem com isso. Talvez camuflem com o 'to gordo mesmo porra!' 'é pura cerveja' ou 'minha mulher gosta!'. Vocês são lindos também. Homens que muitas vezes malham desesperadamente, para ter o tanquinho dos sonhos, os bicepes, tripleces e afins, não são tão felizes como vocês!!!

Aceitem-se! Amem-se! E sejam felizes!!

quarta-feira, 8 de março de 2017

Somos DIVAS!!! Dia internacional da Mulher!

Nós somos Divas, 
Divas de calça jeans e all star, ou de salto 15 e cílios postiços.

Somos guerreiras do dia a dia. Matamos um leão, um boi, um cavalo, uma manada inteira as vezes e estamos sempre ali, sorrindo, com um batom vermelho nos lábios.

Estamos sempre dispostas a dar colo, carinho, abraço. A ter um ombro amigo, uma palavra reconfortante, um olhar tranquilizador.

Somos Divas, 
Divas com o cabelo sem lavar, com a unha lascada, com pijama furado, e com a maquiagem de ontem que deu preguiça de tirar.

Somos aquelas que compram 'só mais uma blusinha' porque estava na promoção, ou que guardamos aquele dinheirinho suado, para ter um momento 'mulherzinha' todo nosso.

Aguentamos as mais diversas provocações todos os dias. Piadas e cantadas de homens que se acham no direito de mexer com a gente na rua, mas quando respondemos ou ignoramos, somos grossas e 'feministazinhas'.

Sofremos por amor, por dor. Choramos de alegria, tristeza. Rimos quando não podemos, e quando podemos, a gargalhada é mais gostosa ainda.

Somos Divas, 
Ganhamos a vida do mais diversos jeitos. Somos Administradoras, Médicas, Motoristas, Engenheiras, Donas de casa. Somos mães, esposas, amigas, namoradas, filhas. 

Nós somos mulheres. Projeto de Deus, feito com amor, criada com todo o cuidado. Mulheres que vão a luta, fazem por onde, e estão ali, na labuta. 

Sabemos ser 'belas, recatadas e do lar', mas também tomamos cervejas, falamos palavrão, e as vezes deixamos a roupa pra lavar pro outro dia.

Entendemos de futebol, séries, filmes. Sabemos debater politica, conceitos e dar opinião. Ganhamos o nosso espaço com muito esforço, e agora ninguém nos segura!!

Ser mulher é isso. Ter mil e um tipos dentro de uma só. Fazer mil e uma coisas ao mesmo, e executar todas com perfeição!

Parabéns a você, a mim, a nós. A menina da padaria, do posto de gasolina, da cobradora do onibus. Aquela que você admira, torce e se encanta!!

Hoje é nosso dia. Na verdade, UM dia para lembrar quem é que faz acontecer nos outros 364 dias do ano!!





segunda-feira, 6 de março de 2017

Blogueira indica Filme: Logan



Oi oi oi!!!

E tentando ter sempre conteúdo por aqui.. As idéias estão a mil, então vamos seguir!!

Ontem fui assistir ao filme, Logan, e fui pega por um misto de emoções! Eu sabia que ia lançar, que seria o ultimo filme do ator Hugh Jackman como Wolverine, mas não tinha idéia a fundo do que seria.

Antes de começar o filme, perguntei ao Felipe o que eu devia esperar desse filme. E ele foi bem claro: Logan, Xavier, X23, Garras e Sangue. E teve tudo isso e muito mais.

Foi um filme de herói diferente, pelo menos para mim. No quesito de mostrar mais a pessoa que o herói é do que o herói sendo herói (Deu pra entender né?!)

Bateu um misto de emoções em mim. Desde criança, assisti umas 20 vezes a série que do X-Men Evolution, que passava no SBT e amava. E eu era a única menina que assitia isso e não entendia como não gostavam. E sempre gostei do Logan, sempre. Mesmo ele sendo rude, bravão e não se abrindo muito. Eu sabia que ele tinha um algo a mais a ser mostrado.

Não vi os outros filmes referente a ele, mas nem por isso gostei menos, ou não entendi. No filme vemos Logan e Xavier, juntamente com um outro mutante, velhos. Sim, eles envelheceram. E não foi pouco não. 



E isso que talvez tenha mexido mais comigo. Imaginar que aqueles seus heróis de sempre, envelheceram, estão doentes, e... Mexe sabe, dá uma coisa no peito. A história é super válida, as cenas de ações são impecaveis, tem muita garra, sangue, pulo, soco, tiro, e é bom! Ouvi uma mulher na saída do cinema: Ah é muito violento!!! Meu bem, é LOGAN!!!! Quer um filme fofo vai ver Xuxa e os Duendes!!!!! #prontofalei

Brincadeiras a parte, o filme tá bom sim. Confesso que fiquei com medo de não gostar, mas sai com outros olhos do cinema. E o que é a Laura (X23)!!!!??!?!?!?! Gente, sério. Por ser uma menina, uma criança ainda, toda fofinha, ela atua demais, as cenas de luta dela te fazem pensar CARAMBA, que menina!!! E as outras crianças mutantes também merecem aplauso!

E os momentos cômicos também são válidos. Dei muita risada com os fiapos trocados com Logan e Charlies, e Logan e Laura.

Agora vou tomar vergonha na cara e ver todos os filmes dos X-Mens e do próprio Wolverine e ver o que sinto e o que entendo. Meu mero coração de Nerd agora ganhou o primeiro filme de herói que foi possivel escorrer lagrimas dos meus olhos (Que não foram poucas!!)

Fica a minha dica, assista Logan, sendo fã ou não. Tendo assistido ou não.

sexta-feira, 3 de março de 2017

Tenha amor, seja amor!!

As pessoas hoje mendigam amor. Procuram freneticamente algo para saciar esse espaço. E nem sempre é preenchido de uma forma válida e que fará bem.

Aproveite a pessoa que você tem ao lado. Seja para ela muito mais que um parceiro, um companheiro. 

Queira ser todo o apoio, o conforto, o recanto para ele ou ela. Tenha certeza, quando é de verdade, tudo se torna reciproco!!

Faça com que pequenas coisas e atos, sejam únicos e torne-os inesqueciveis. Faça com o que o BOM DIA, seja a melhor parte do dia da pessoa, e que o BOA NOITE feche tudo com chave de ouro.

Se você quer ter amor, seja amor também. Vale a pena a amar, aceitar os defeitos, aprender com as diferenças, viver em harmonia.

A vida com amor, fica mais leve, mais prazerosa, mais fácil de ser vivida!!!



(Beco do Batman - Maio/2016 - Por Aldaneire Andrade)

quinta-feira, 2 de março de 2017

Seriando-se: Glee (1ª a 6ª temporada)



E finalmente, consegui terminar essa série. Fiz a besteira de intercalar varias series juntas e por fim não terminava nenhuma. Então decidi que terminaria uma a uma, e Glee foi a primeira. Desde a época da faculdade essa série já me chamava a atenção, e sempre que eu chegava da aula, estava passando, porém as vezes eu esquecia, ou meu irmão queria usar a TV para ver o jogo, e fui deixando, deixando.

E me arrependo pela demora. Eu amei essa série. Podem criticar e falar o que quiserem. Para mim a série é boa sim! Tem seus erros? Claro, todas as séries tem. Mas ela vai muito além, pelo menos para mim foi.

O contexto acho que todos sabem mas dando uma pincelada geral: uma escola está com o conteúdo de educação de artes em decadência, até que o professor de espanhol William Schuster decide 'restaurar' o antigo clube Glee, do qual ele foi integrante e campeão no passado. Quando ele tem essa ideia, os mais diversos talentos começam a aparecer de todos os cantos da escola.


(O começo de tudo!)

E assim vai se levando ao longo das temporadas. Nos primeiros episódios vamos descobrindo o núcleo principal. Aqueles que ficaram até o final da série. 

O que mais me encantou nessa série, alem das músicas e das danças é claro, foi como os produtores abordam os temas que muitos adolescentes e até mesmo adultos enfrentam hoje: Preconceito com a opção sexual, com seu peso, sua cor, sua etnia.


(Esse é o que mais me arrepia. O melhor para mim!)

Pessoas que querem se sentir parte de algo, que tem medo de assumir seu talento e mostrar para seus familiares que eles podem levar a vida cantando, ou dançando. E que você não precisa ser o Quaterback principal do time, ou a capitã das animadoras para ser especial.

Glee me marcou e me encantou em inúmeros pontos. Rachel, mesmo sendo egoísta em muitos episódios, e mesmo me fazendo querer que ela levasse uns safanões para acordar, era uma boa pessoa, e o final que ela teve foi válido para mim. É perceptível como a personagem sofreu junto com a atriz como a morte de Cory Monteith, que fazia seu par romântico na série e também na vida, mas infelizmente teve uma morte precoce, e não terminou as filmagens da quinta temporada.


(O melhor arranjo musical)

Para mim, Glee poderia ter acabado na metade da quinta temporada. Estava bom ali. Teve um episódio que se tivesse sido o ultimo para mim estaria perfeito. Mas ainda tinha alguns episódios rolando. Encheram linguiça? Um pouco. Mas ok, foi válido.


(Poderiam ter finalizado a série nesse episódio, de tanto que fez sentido!)

Uma parte boa de Glee mas que muitas pessoas criticaram foi o fato de na 4ª temporada (senão me engano), mostrar os dois lados da história: os alunos que se formaram e seguiram suas vidas, lutando pelos seus sonhos, e aqueles que ainda tinham um ou dois anos para se formar. Eu gostei, porque muitas vezes me pego imaginando o que acontece com o personagem quando o livro ou o filme acaba, e Glee nos dá essa oportunidade.

Os videos aqui intercalados, são os que eu mais gostei da série toda, e que eu me pego assistindo pelo menos 3 vezes por semana. Ainda não consegui me desapegar, tá dificil!!!!




E fica a atenção especial aos episódios dedicados a cantores, com Michel Jackson, Madonna, Britney Spears e tantos outros. Eles souberam representar lindamente!

Fica a minha dica para quem quer uma série leve, que mostra a vida, tem seus dramas, tem suas comédias e que vale muito a pena ser vista sim!!!!!


(Já perdi a conta de quantas vezes vi esse video!)

Frases de Glee, que me fazem pensar e me ensinaram algo:


'Porque tem sempre alguém que está pior que você!' Sue, 1ª temporada, Episódio 16

'O verdadeiro amor, brota do verdadeiro ódio!' Sue, 1ª temporada, Episódio 21

'A vida só tem um começo e um fim. O resto não passa da história do meio.' 1ª temporada, Episódio 22



'Você precisa acreditar mais, e não só em coisas que possa tocar, ver, ou ter.' Mercedes, 2ª temporada, Episódio 3

'O colégio é o ensaio para o resto da sua vida' 2ª temporada, Episódio 3

'Primeiros amores são para sempre!' Quinn, 2ª temporada, Episódio 16



'Seus sonhos não morreram, eles só não fazem mais parte de você. Você deve encontrar outros!' Rachel, 3ª temporada, Episódio 5

'Eu meio que me perdi, mas amigos de verdade, te trazem de volta!' Sam, 3ª temporada, Episódio 8

'O futuro é uma idéia tão abstrata!' Kurt, 3ª temporada, Episódio 10



'Não pode mudar o seu passado, mas pode desapegar e começar o seu futuro' Quinn, 3ª temporada, Episódio 11

'Mas você ensina a sonhar e não há nada mais importante que isso!' Finn, 3ª temporada, Episódio 21

'Nunca confie em ninguém que não tenha fracassado pelo menos uma vez!' Kurt, 4ª temporada, Episódio 3



'Não importa se você é jovem ou velho, amor verdadeiro é amor!' 4ª temporada, Episódio 22

'Só se tem um verdadeiro amor na vida, e você é o meu!' Will, 4ª temporada, Episódio 22

'Nossas mãos foram feitas para segurar uma a outra para sempre.' Blaine, 5ª temporada, Episódio 1



'Não pode fugir da sua grandeza, só porque tem medo de não ser grande o suficiente!' Kurt, 5ª temporada, Episódio 6

'Uma estrela é uma estrela, não importa o céu em que brilha.' Santana, 5ª temporada, Episódio 13

'Na vida para não morrer de frio, temos que manter nossos amigos por perto para nos aquecer.' Santana, 5ª temporada, Episódio 18



'Uma boa inimiga só lhe torna melhor!' Will 6ª temporada, Episódio 5

'No sufoco, até um bebe levanta um carro.' Spencer, 6ª temporada, Episódio 9

Desculpem o post longo, mas não transmitiu nem metade do meu amor por essa série!

quarta-feira, 1 de março de 2017

Roteiro Paranaense!! Parte 1

Oi pessoas!
E finalmente, colocando a casa em ordem de verdade. E para já deixar registrado aqui vim mostrar um pouco do que foi a minha viagem de férias.

Começou assim: Minha tia se empolgou que eu conseguiria pegar férias esse ano e já começou a programar uma viagem, que vinhamos adiando a tempos. Tínhamos a ideia inicial de irmos para Maceió/Porto de Galinhas (seria minha primeira viagem de avião), mas devido ao acidente com a Delegação da Chapecoense, minha tia ficou receosa e decidiu que não iriamos mais.

Porém, umas duas semanas depois, ela me ligou e me disse super empolgada que encontrou uma agência que fazia uma viagem turística rodoviária. Me empolguei! Mesmo sendo molenga com ônibus e carro, pois sempre enjoo, seria a minha chance de sair de SP (pela segunda vez, mas pela primeira vez 'turistando' mesmo) e conhecer um pouco desse nosso Brasilzão.

Decidimos que faríamos o Roteiro Paranaense que consistia em: SP-Londrina-Maringa-Foz do Iguaçu-Paraguai-Argentina-Usina Itaipu-Curitiba-Ilha do Mel-Morretes-SP.

Falando assim parece que foi super demorado mas não. Foram 8 dias que eu viveria tudo de novo e de novo. E alguns pontos apenas passamos mesmo.

1º Dia - Saida de São Paulo - Londrina

Dois dias antes meu coração ficou apertadinho: me despedir do Fê. Já havíamos passado por isso, quando ele foi para Pernambuco e ficou um mês, mas foi igualmente difícil. E me despedir dos meus pais também, deu um nozinho na garganta. Mas fui! Dormi no sábado na casa da minha tia Irene e no domingo cedinho saímos.

Embarcamos as 19:30 e quando o ônibus finalmente pegou todos os passageiros, o guia se apresentou e nos contou todo o roteiro. Ele foi muito gente boa, engraçado, e super acolhedor com todo mundo. 






A empresa ofereceu um lanche como café da manhã que deu um UP! Uma delicia! E seguimos. A cada 2:30 hs, 3 hs havia uma parada para nos alimentarmos, irmos ao banheiro, esticarmos as pernas. Me senti como no Mapa do Maroto do Harry Potter kkkkkk. Um pontinho andando pelo mapa do Brasil.

Ah! Sem falar do onibus. Gente que conforto! Era desses modelos de dois andares, então os passageiros vão na parte de cima. Tem um 'apoiador de pés', travesseirinho e eles disponibilizam agua durante toda a viagem. Os motoristas eram super legais, responsáveis e dirigiam super bem. Eram dois, então a cada parada eles revezavam.

Em Londrina não conheci a cidade por assim dizer. O Hotel que ficamos ficava próximo a um shopping e também ao rio da cidade, então foi o que deu para ver, pois sairíamos no outro dia as 7:30 da manha para continuarmos a viagem.






2º Londrina - Maringá - Foz do Iguaçu

Após um café da manhã delicinha, já era perceptível que as pessoas já iam se enturmando durante a viagem. E isso foi super legal! A primeira parada do dia foi na cidade de Maringá, onde conhecemos a Catedral Nossa Senhora da Glória (Praça da Catedral, S/N, Centro, Maringá, PR).

Que igreja linda. Simples porém rica em beleza, em paz, sabe. Parece que era o que eu precisava para começar bem a viagem. É considerada o 10º monumento mais alto do mundo, e o da América Latina. Sua forma de cone, remete a um chapéu de bruxa, e é lindo olha-la de dentro para o alto pois você não vê o fim dela. Dizem que durante a noite, ela fica iluminada, mudando de cores, Porém não pude ver esse espetáculo. Fica para uma próxima. 

A cidade de Maringá é linda, pelo que pude ver. Super planejada, bem cuidada e super florida e arborizada. Saímos de lá e dale estrada. Após o almoço, o guia colocou um filme (olha que chique!) e eu achei que dormiria. Mas assisti tudinho!!! Fica a dica: Falando Grego (Veja aqui).









E enfim, após quase 10 horas de viagem chegamos Foz do Iguaçu. Parecia outro pais, sei lá. Que cidade bonita. O Hotel que ficamos dessa vez era mais próximo da fronteira Argentina do que do centro da cidade. Então foi uma noite para descansarmos e nos prepararmos pois no outro dia faríamos Paraguai e Cataratas Brasileiras. 

Fomos ao shopping próximo para jantarmos e comprarmos 'suprimentos' como salgadinhos, docinhos e água pois o dia seria bem puxado!




E os próximos dias ficam para próximos post's :)

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

E a boa filha a casa torna!!

E após uma longa pausa, como é bom estar de volta!!

Não fiquei todo esse tempo viajando não. Na verdade já até voltei a trabalhar. Mas a mente ainda estava lenta, em ritmo de férias e percebi que ainda não era o momento de voltar.

Voltei. Descansada, renovada, revigorada. Confesso, que nem metade das coisas que eu queria arrumar, resolver, organizar eu não consegui. Mas não estou me cobrando muito não. Tenho alguns mil sabados e feriados para arrumar e dar um jeito. Então, vamos que vamos!

Durante a viagem, a mente vagava muito. Pensando em como seria bom estar com Meus Pais, Meu Irmao, Meu Namorado, Minha Cunhada, junto comigo, vivendo tudo o que eu estava vivendo. Vagava, ia longe, pensando nos mil textos e crônicas que poderia expor aqui. Espero que agora as idéias voltem. Ou eu me concentre em fazer as sensações voltarem.

Aproveitei a folgae finalizei Glee, terminei o quarto livro do Harry, dei sequencia a Once Upon a Time, e vi muito Full House... colocando o Netflix em dia. O que convenhamos, nem com 1 ano de férias é possivel!

Agora é assim, varrer a poeira do blog, passar um lustra movel nas fotos, e organizar cada estante das categorias. A boa filha a casa torna, pode demorar... mas volta sempre pro seu refugio!!!

TO DE VOLTA!!!